M. Guimarães da Rocha (Ed. 708)

LEITURAS DE NATAL

LEITURAS DE NATAL

Hoje acordei muito cedo. Muito cedo, como é o meu habitual!

Seis horas da manhã, no Inverno! E está um tempo “bestial”!

Passei os olhos pelos jornais de há dias, perdidos no meu sofá.

Eram notícias sempre actuais, as da Terra de Lafões, e as de Cá.

“Lafões”, política e trabalho… de Lisboa, o mesmo… tal e qual!

Mostro-vos o que li e, como podem constatar, tudo é “poesia”!

Mas pensando bem, acho que vos vou maçar, “com o meu ver”,

Talvez seja melhor, agora no Natal, dizer-lhes o que estou a ler,

…vamos de início aos jornais e depois, não se admirem, ao Livro.

Nos jornais, fala-se de tudo e mais alguma coisa, como é evidente.

De Futebol, de Comércio, Indústria e… da voz do meu Presidente!

Primeiro vamos ler, ouvir tudo o que diz, sempre na sua voz abalizada.

Depois dizer-vos que estou a reler “Alice no País das Maravilhas”!

Uma bonita edição de colecção, recente, ilustrada e anotada,

“A PRIORIDADE NACIONAL”

(Noticiário dos jornais 29-Nov de.2016)

“Marcelo Rebelo de Sousa, criou

A “Prioridade Nacional”.-

“Estabilizar e Consolidar O Sistema financeiro Português”.

Difícil, digo eu. “O polvo tem muitos tentáculos”!

Quando menos se espera, surgem obstáculos!

Isto complica tudo, como se advinha!

Contratempos de manhã, à tarde e à noitinha.

Assim não está bem! Está mal.

É preciso: –

Concordar com determinação na

“Prioridade Nacional”.

Garantir o crescimento e o emprego.

…e aqui é que está verdadeiramente o mal.

Tudo passa pelo Sistema Financeiro!

Para haver “Justiça Social.”

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS – (LEWIS CARROL)

«Deve ser um dança muito linda» (disse a Alice)

“Queira andar mais depressa, disse a Pescadinha ao Caracol.

Está aqui um Golfinho que tem pressa de ir para o sol,

Veja a Lagosta e as Tartarugas, como essa gente avança,

E esperam-nos na praia para começarmos a dança.

Quer ou não quer, quer ou não quer, quer ou não quer

Entrar na dança?

Quer ou não quer, quer ou não quer, quer ou não quer,

Entrar na dança?”

PS: Para todos vós o meu Bem haja e votos de um Santo e

FELIZ NATAL.

——————————————————————————————————————

Mais artigos:

CANDAL – UM PEDAÇO DE LAFÕES PERDIDO NA SERRA
Os fogos em S. Pedro do Sul – 2016
Legalengas dum fim-de-semana
Viagem de férias
António Homem Cardoso
Isabel Silvestre
Prometo que não vou falar sobre a situação na Grécia
AQUI D”EL REI! QUEM ME ACODE?
Saltos Altos
PODIA SER UM CONTO DE NATAL
APELO MUITO URGENTE A TODA A POPULAÇÃO

DIETA COM EMAGRECIMENTO ASSEGURADO

Ela aí está, plena de força, em flor, mostrando toda a sua plenitude…A DEMOCRACIA
O cheiro da côr
Homenagens da Câmara S. Pedro do Sul
O “DRAMA” OFICIAL DA LÌNGUA PORTUGUESA
Amigos velhos e novos (2ª parte)
AMIGOS VELHOS E NOVOS (1ª parte)
UMA INSÓNIA ANGUSTIANTE
A ADEGA COOPERATIVA DE LAFÕES
…de como uma fortuna pode arrefecer o amor!!
• BUTAR PULHAS EM SÃO PEDRO DO SUL
A comer é que a gente se entende
O Xarope terapêutico de efeitos duvidosos
Moda é Moda
A guerra no K3
O Volfrâmio
O quarto particular
Um conto de vez em quando (2) – A ida às sortes
Um conto de vez em quando (1) – PIOR NÃO ESTOU SR. DOUTOR..!
COMO SE DIVERTIA O POVO NOS ANOS QUARENTA E CINQUENTA DO SÉCULO XX (1) – E(Ed. 655)
COMO SE DIVERTIA O POVO NOS ANOS QUARENTA E CINQUENTA DO SÉCULO XX (1) – E(Ed. 654)
São Bartolomeu da Ponte (Ed.653)
A FILARMÓNICA HARMONIA (Ed. 652)
•  A RAMPA DA CAPELA DE S. ANTÓNIO (Ed. 650)
NO CAMINHO PARA A PONTE (Ed. 651)
DA FONTE DA CERCA À FARMÁCIA DIAS (Ed. 649)
Vivências dentro das repartições no edifício da Camara Municipal (continuação) – Ed. 648
Vivências dentro do edifício da Câmara Municipal – Ed. 647
A CÂMARA MUNICIPAL – Ed. 646
“O JARDIM DA VILA” (continuação) – Ed. 645
“O JARDIM” (São Pedro do Sul nos anos cinquenta do século xx) – Ed. 644
A RUA SERPA PINTO (Continuação) – Ed. 643
A RUA SERPA PINTO (anos 50) – Ed. 642
O CLUBE DE S. PEDRO DO SUL – Ed. 641
A PRAÇA DA REPÚBLICA – Ed. 640
A ESPONTÂNEA REVOLUÇÃO FEMININA – Ed. 639