Vítor Figueiredo fala em possível construção de barragem na zona das termas

Município avalia e repara danos da tempestade

Após a intempérie que há duas semanas atingiu S. Pedro do Sul, o Município procede à reparação e avaliação dos danos da tempestade.

12552959_588157234686696_4957468619816379233_n

As zonas à beira rio tais como o Lenteiro do Rio e as Termas, foram as mais atingidas pela força da água, que arrastou muito entulho para as margens, foram cerca de 30 trabalhadores que estiveram envolvidos na recuperação de todas as áreas afectadas, com intervenções de limpeza e restauração dos estragos, os prejuízos ascenderam a centenas de milhares de euros. Vítor Figueiredo, considera que “é uma situação difícil de controlar as, cheias provêem das nossas serras estarem despedidas, devido aos incêndios, as águas vêm descontroladas pelas serras abaixo sendo difícil controlar o leito dos rios”, o autarca Sampedrense fala ainda na possibilidade de construção de barragem, “neste momento o município tem um projecto, estamos a pensar construir uma pequena barragem na zona das termas, para ajudar a escoar essas mesmas águas, ainda não há garantias quanto a sua construção, mas estamos a trabalhar nesse sentido”, acrescentando que “não é totalmente garantido que a mesma possa acabar com a situação das cheias, mas é uma forma válida de ajudar a controlar”.Redação Gazeta da Beira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.