Vamos Visitar o Montemuro e Paiva – CIIMP

O Município de Castro Daire arrancou no dia 23 de janeiro, o Projeto “Vamos Visitar o Montemuro e Paiva – CIIMP…”, com o intuito de dar a conhecer de forma pedagógica e lúdica o Centro de Interpretação e Informação do Montemuro e Paiva (CIIMP), instalado no Solar dos Mendonça, em pleno centro da Vila de Castro Daire.

Este projeto abrange todos os alunos do Pré-escolar e do 1º CEB do concelho de Castro Daire e tem como finalidade dar promover e divulgar dois recursos naturais: a Serra do Montemuro e o Rio Paiva, fomentando o gosto pela Natureza e estimulando o interesse para o conhecimento do Território Castrense.

Está calendarizada até 30 de março, a visita de 282 crianças do Pré-escolar e 470 do 1º CEB.

 

Percorrer o Paiva e o Montemuro «uma viagem impressionante, que nos conduz pela História da Terra. F aqui que encontramos um território que não se espera, que nos surpreende com vistas de cortar a respiração, com recantos únicos. São paisagens que nos deslumbram a alma e que nos levam a desvendar os seus mistérios. É a magia do lugar que nos preenche o coração.

Aqui respira-se ar puro. Vive-se com calma e de forma sustentável. Sentimo-nos em harmonia com a natureza, nas serranias do Montemuro ou nos vales do Paiva.

Pelas serranias imponentes, pelas fascinantes quedas de agua ou nas verdejantes margens e prados construídos com muito engenho, encontramos uma fauna e flora riquíssima.

O Montemuro e o Paiva são tesouros naturais, de biodiversidade, de história com tradições que esperam por ti. Sobe à Serra e ouve as deslumbrantes paisagens sonoras, polvilhadas pelo tilintar das campainhas e chocalhos do gado.

Mergulha nas águas límpidas do Paiva ou diverte-te na aventura de descobrires recantos maravilhosos.

E quando a neve cai… o Montemuro ganha um novo destaque na paisagem.

Forte imponente, branco, toma-se a marca de um vasto Território, onde o concelho de Castro Daire é o seu coração.

Esta é uma paisagem que muda todos os dias. Onde o Homem se alia à natureza para criar ecossistemas únicos, repletos de vida e onde o casario se construiu com os elementos da terra. É um território que faz parte da nossa alma, das nossas tradições e cultura, é um território mágico, quem o visita envolve-se com a natureza e apaixona-se pela nossa Terra!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.