Uma aventura na Mata da Penoita

O mundo “mágico” dos cogumelos e outras notícias de Vouzela

Duas tardes solarengas, uma vasta mata que reflecte a beleza de Lafões, inúmeras espécies micológicas e muita animação. Estes foram os ingredientes da visita de campo à Mata da Penoita, que contou com a participação de cerca de 70 alunos, do Agrupamento de Escolas de Vouzela.  Esta iniciativa, inserida no projecto Eco-Escolas, teve como objectivo dar a conhecer aos mais novos, os cogumelos que “habitam” em Lafões. Segundo a organização, foi um sucesso a repetir.

As tardes dos dias 31 de Outubro e 12 Novembro foram diferentes para as crianças do sexto ano, do Agrupamento de Escolas de Vouzela. Nesses dias, as salas de aula do costume foram substituídas, pela Mata da Penoita, sendo que, o tema da lição centrou-se nas espécies micológicas que abundam na região. Uma iniciativa que, como indica Raquel Dias, engenheira do ambiente da Câmara Municipal de Vouzela, a qual participou na visita, conquistou com facilidade a “pequenada”. Como refere, em declarações à Gazeta da Beira, “As crianças gostaram imenso, foi uma actividade ao ar livre, sobre um tema que lhes interessa, além disso, o monitor, Paulo Morais, também dirigiu a visita com muito entusiasmo e conseguiu captar com facilidade a atenção das crianças”.

Saber identificar os cogumelos comestíveis e os tóxicos e perceber a importância das espécies micológicas para o meio ambiente foram os principais temas abordados na visita. Os alunos mostraram-se muito participativos, sendo que, como conta Raquel Dias, uma grande parte dos participantes demonstrou ter já alguns conhecimento sobre esta área. Como referiu a engenheira do ambiente.“a maioria das crianças já teve oportunidade de apanhar cogumelos com a família e, portanto, nota-se que já têm conhecimento sobre algumas espécies e sabem, também, identificar alguns cogumelos comestíveis”.

As fotografias da iniciativa estão agora a ser selecionadas e vão dar origem uma exposição, ainda este ano. Esta foi a primeira visita de campo, organizada pelo projecto Eco-Escolas, cujo tema central foi a micologia. O sucesso desta aventura na Mata da Penoita não deixa dúvidas à engenheira ambiental, da Câmara Municipal de Vouzela, que considera que no futuro, “esta é uma iniciativa a repetir, com toda a certeza”.

• Patrícia Fernandes

…………….

Meses depois, os Sapadores Florestais da ADRL continuam sem viatura

 • Patrícia Fernandes

As marcas causadas pelos muitos fogos que deflagraram no passado Verão, em Lafões, ainda se fazem sentir. Muitos hectares ardidos que entristecem as serras,  mortes que sempre se lamentarão e entidades que combateram ferozmente os incêndios e que agora se veem desprovidas de meios para continuar a executar convenientemente o seu trabalho. Desde Setembro, que os sapadores florestais da ADRL estão sem uma das viaturas. Há mais de dois meses e meio, os sapadores florestais da ADRL têm o seu trabalho condicionado.

Na sequência de um incêndio que aconteceu em Setembro, a viatura dos sapadores florestais ficou completamente destruída e resultou na morte do então presidente da junta da freguesia de Queirã, Joaquim Mendes que, depois de saber que a viatura estava inutilizada, tentou socorrer os sapadores. O fogo foi apagado, o calor e o verão já não se fazem sentir e o que, na altura era urgente, agora, Passado já tanto tempo, o problema continua por resolver, a viatura ainda não foi substituída, como era obrigação do estado ( o estado financia em 35 mil euros cada uma das cerca de 280 equipas de sapadores florestais) e os sapadores da ADRL estão sem condições para realizar as tarefas da sua competências.

A Gazeta da Beira tentou entrar em contacto com o ICNB, a fim de obter declarações, mas, até ao momento, não obteve nenhuma resposta.

…………………..

 Iniciativa promovida pela Câmara Municipal de Vouzela

Concurso pecuário da Malhada do Salgueiro contou com a presença de 29 produtores

Realizou-se no dia 16 de novembro, na Mallhada do Salgueiro, freguesia de Fornelo do Monte, o concurso pecuário de S. Martinho, uma iniciativa promovida pelo Município de Vouzela e que contou com o apoio das Juntas de Freguesia de Fornelo do Monte e Ventosa e colaboração da Cooperativa Agrícola de Vouzela.

Nesta edição estiveram a concurso 40 bovinos e 35 pequenos ruminantes, totalizando 75 animais, e 29 produtores inscritos.

Comparativamente com o ano anterior, verificou-se uma diminuição de 5 produtores e de 5 animais. À semelhança de outras edições, a autarquia atribuiu ainda prémios de presença, nomeadamente 6 prémios a bovinos no valor de 25 euros e 4, de 10 euros, a pequenos ruminantes.

Lembrando que esta é uma iniciativa que pretende incentivar a produção de gado, em especial as raças autóctones, João Caseiro, Médico Veterinário Municipal, evidenciou uma vez mais a qualidade dos animais a concurso e o esmero com que os produtores os apresentam.

A realização desta iniciativa resultou de um investimento, por parte da Câmara Municipal de Vouzela, de 1.750 euros.

• Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Vouzela

……………………….

Caminhada do Centenário – 100 anos da Chegada do Comboio a Vouzela

No âmbito das comemorações dos 100 anos da passagem do comboio por Vouzela, uma iniciativa da ADDA (Associação D. Duarte de Almeida) com o apoio do Município de Vouzela, realizou-se no passado sábado, dia 16 de novembro, a Caminhada do Centenário, numa iniciativa que juntou cerca de 50 pedestrianistas e 30 betetistas, dispostos a fazer o troço centenário: Ribeiradio – Vouzela.

Os betetistas partiram de Ribeiradio, os pedestrianistas partiram de Pinheiro de Lafões, todos rumo a Vouzela.

Apesar do frio, foi uma manhã muito bem passada!

A acompanhar a viagem, estiverem sempre os Bombeiros Voluntários de Oliveira de Frades.

A Caminhada do Centenário teve o apoio do Município de Vouzela, e o apoio da Associação dos Trabalhadores da Câmara de Vouzela, da Associação Real BTT e da firma Sequeira & Sequeira.

………………..

Município de Vouzela continua a apostar nas crianças

180 Alunos do pré-escolar participam no programa educativo “As Crianças Marcam a Diferença”

Pelo décimo segundo ano consecutivo, a Câmara Municipal de Vouzela dinamiza o programa educativo “As Crianças Marcam a Diferença!”.

Tendo-se iniciado no ano letivo de 2002/ 2003, a iniciativa visa o desenvolvimento de várias atividades destinadas a crianças que se encontrem a frequentar a Educação Pré-Escolar do concelho, estando envolvidas, neste novo ano letivo, cerca de 180 alunos, dos doze jardins-de-infância do concelho.

Fazem parte deste programa os projetos “Nadar é Giro!”, que se desenvolve na Piscina Municipal e que pretende promover a adaptação ao meio aquático e a aprendizagem de natação; o projeto “Saltar é Giro!” com a realização de atividades de expressão e educação físico-motora e que se realiza nos próprios jardins-de-infância e o projeto “Ler a Brincar”, que visa a realização de atividades lúdicas relativas à leitura e à escrita e que tem lugar no espaço Faz de Conta ou na sala de atividades da Piscina Municipal.

As atividades acontecem uma vez por semana e são dinamizadas pelos setores de Educação, de Desporto e pela Biblioteca Municipal da autarquia.

• Fonte: Gabinete de Imprensa do Município de Vouzela

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.