Sever do Vouga

Fábio Lacerda

Das casas, às construções,

Das pessoas, aos festejos…

Sever carrega corações,

Em todos os seus cortejos.

 

Sever do Vouga a crescer,

O reconhecimento a aparecer,

Todos as paisagens são belas,

Desde Cedrim, a Paçô e Dornelas.

 

O céu limpo e o sol a brilhar,

As árvores verdes e os pássaros a cantar,

Sever tem muitos encantos,

Em cada um dos seus recantos!

 

Dos mirtilos é a capital,

E destes há um arraial.

Ficavouga também é tradição,

Todos os anos, no verão.

 

Uma terra carinhosa,

Onde a simpatia é habitual,

Toda a gente é amorosa,

E ninguém trata mal!Redação Gazeta da Beira