Reedição do Foral de Lafões já está à venda

Balanço positivo das comemorações dos 500 anos do Foral de Lafões

Depois de cerca de 3 meses a celebrar o Foral de Lafões, em Vouzela. As cerimónias encerraram no passado dia 15 de dezembro com o Seminário “Lafões um património com futuro”. Esta foi uma iniciativa que, no total, trouxe algumas centenas de pessoas ao concelho.

foto vfTudo começou, com uma ceia alusiva à época, depois foi a recriação de uma feira quinhentista. As iniciativas culminaram no passado dia 15 com um seminário que quis refletir sobre o património de Lafões. Rui Ladeia faz um balanço muito positivo e salientou a importância das parcerias na organização da iniciativa e o envolvimento da comunidade. “Respeitar o passado, trabalhar o presente e perspetivar o futuro é a matriz que queremos seguir no que diz respeito à nossa história e ao nosso património”.

Património com futuro?

O Seminário “Lafões um Património com Futuro” foi o ponto alto do encerramento, realizado exatamente no dia em que D. Manuel atribuiu o Foral a Lafões, há 500 anos. As apresentações couberam a Jorge Adolfo Marques (docente na Escola Superior de Educação de Viseu) com o tema “Arqueologia de Lafões”; o Manuel Luís Real (investigador do Centro de Investigação Transdisciplinar Cultura, Espaço e Memória) com o tema “Vouzela e a terra de Lafões na alta Idade Média: um espaço de fronteira entre Cristãos e Muçulmanos”, a Maria José Mexia (técnica superior aposentada da Torre do Tombo) com o tema “Mudam-se os tempos, mudam-se os forais” e a Fátima Eusébio (responsável pelo Departamento dos Bens Culturais da Diocese de Viseu) com o tema “O brilho e a beleza do barroco no caminho para Deus. Alguns exemplos na Região de Lafões”.

Antes disso, no edifício da Biblioteca Municipal foi descerrada uma placa evocativa dos 500 anos do Foral de Lafões. Destaque, ainda, para reedição do livro Foral de Lafões, à venda no Posto de Turismo de Vouzela.

Esta foi uma iniciativa do Município de Vouzela, em parceria com as escolas do concelho e Associação D. Duarte de Almeida (ADDA).

 Redação Gazeta da Beira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.