Vetement Chaussure chaussure femme vetement chaussures femme lunette de soleil oakley Taschen nike free run femme lunette de soleil adidas yeezy puma chaussure Chaussure asics adidas superstar chaussure new balance schmuck adidas femme nike air force Chaussure adidas chaussures de sport chaussure converse
cialis generika kamagra australia cialis bestellen levitra generika viagra online kaufen kamagra bestellen cialis generika kamagra oral jelly kamagra 100mg prix cialis cialis generique kamagra gel kamagra bestellen viagra bestellen kamagra oral jelly levitra kopen
Viagra Super Active Viagra Generisk Cialis Gel Generisk Levitra cialis pris Kamagra Gel Viagra Soft kamagra oral jelly cialis generisk viagra online viagra online Generisk Viagra Cialis Online Kvinnor Cialis Generisk Cialis Kvinnor Viagra Cialis Super Active Cialis soft viagra apoteket Kamagra Cialis Soft Viagra sverige Kamagra Online
viagra Levitra Soft Tabs Kamagra Fizzy Tabs Acquistare Viagra Soft Tabs Viagra Generic Test Pacchetti Originale Acquistare Levitra Strips Il brevetto Viagra Cialis e Super Kamagra Acquistare Cialis Strips Viagra Pastiglie Viagra e Disfunzione Erettile priligy dapoxetina generico Kamagra 100 Cialis online Levitra Generico Domande e Risposte sul Viagra Test pacchetti Propecia generico Acquistare Cialis Soft Tabs Viagra e generici Levitra Cialis Generico Lovegra Super Kamagra Viagra femminile Acquistare Test Pacchetto Generico LIDA Dai dai hua Cialis Pastiglie Acquistare Super Kamagra Cialis Generico Viagra online

Rás-te-parta, Rompe Sempre!

Sobre a força dos encontros - Texto de Susana Rocha

Rompem-se as solas das chuteiras, mas não se rompem as ideias Os cartazes de Abril ganham pó, rás-te-parta, mas na bancada encontramo-nos, com solas rompidas continuamos a poder dançar

*artigo dedicado e composto com o Sr. Camilo Moreira, vilamaiorense, cidadão que nos ensina a ser mais cidadãos, amigo que guardamos, que é coisa que vale milhões

 

“Às 9 ou 10 horas da manhã entrava uma descarga de foguetes. Olha, há bola!” Estávamos em Vila Maior. Num tempo em que as camisolas vestidas em campo eram feitas à mão pelas costureiras, com as fazendas da loja do Sr. Camilo Moreira, e as chuteiras que se iam rompendo na corrida e na bola tinham vindo num saco, trazido do Académico de Viseu: “O Vilamaiorense…havia cá (bola), desentenderam-se e formaram dois grupos: o Atlético e o Rompe Sempre, e fizeram um campo de futebol para cada um. (…) ‘O pá, eu estou lá no Académico, arranjo para cá botas e equipamentos e isso tudo, se acabarmos com isso (dos desentendimentos) e fundarmos um grupo novo!’ Fizemos então a reunião, chamou-se à atenção, concordaram e formámos então a União Desportiva Vilamaiorense, eu estava lá no Académico e íamos lá aos treinos, tinham lá muitas botas daquelas que se chamavam chuteiras nessa altura e tinham aos montes daquilo, compravam-nas novas e punham aquilo (fora). Depois, eu disse ao Hélder, que era o treinador, ‘Ó Helder, essas botas, isso para que é?’ ‘Olha, estão aí, nós não (as usamos), vêm novas!’ ‘E então eu posso levá-las?’ ‘Podes, leva as que quiseres!’ Fui buscar um saco e trouxe as botas para cá, depois mandaram aqui os sapateiros, que havia aqui os sapateiros, compuseram, puseram aquilo tudo novo, foi logo as primeiras botas que eles tiveram para aqui’. A União Desportiva Vilamaiorense (U.D.V.) foi fundada em 1944, tempos em que ainda se vivia a 2ª Guerra Mundial, em que ainda se trabalhava no minério e em que Vila Maior ainda não tinha luz eléctrica. Aos mais novos, para conseguir imaginar a euforia de um dia de bola como estes, talvez ajude ouvir os cânticos da recém-formada claque de apoio ao Vilamaiorense, a Juventude Maior, ou então olhar para o bar por onde se passa antes de entrar para o campo do Estádio da Belavista, esse sim, com um ar intemporal, que nos faz acreditar que os bares e os cafés são lugares de encontros que existem desde o início dos tempos, sem os quais nada faria grande sentido.

Os pais do Sr. Camilo também tinham um, ou melhor, uma loja, uma ‘Venda’, a Casa da Venda, “porque as lojas eram as Vendas, era o Milo da Venda, o Neca da Venda, que era o meu irmão, éramos conhecidos por ‘os da Venda’, porque o meu pai era o Marcelino da Venda”, conta-nos o Sr. Camilo, e era aqui que muita da juventude se juntava, a de Vila Maior e a de outras freguesias próximas, “tínhamos muitos jovens que vinham lá, juntavam-se lá comigo na minha casa e pronto, ‘Vamos fazer isto?’, e vinham, não só de cá, até dali de São Félix, e de Pinho, vinham também aqui, juntavam-se aqui a nós”, e faziam, foi daqui que saiu a ideia do futebol, mas também a de formar uma associação de caçadores, ou a de criar um rancho para inaugurar a Residência Paroquial, ou para ir a São Pedro do Sul participar num cortejo de oferendas para as obras do hospital. Foi também aqui que o Sr. Camilo aprendeu a tocar guitarra, com aquele que viria a ser o ensaiador de um grupo de teatro: “era esse senhor, chamavam-no Augusto Loureira, esteve em Lisboa, fez parte lá de uma revista, era artista lá numa revista, e depois veio para cá, que estava com a tuberculose, fazia o tratamento, (…) tinha cá os pais, (…) e ele depois também ia fazendo qualquer coisa em canastreiro, mas sabia disso de teatro e então fundou-se o grupo de teatro, até era engraçado, que o grupo de teatro era o Rás-te-Parta. Depois um senhor que veio de Lisboa, que estava lá muito bem e que tinha lá uns estabelecimentos em Lisboa, depois acabou por vir para cá, pôs ali um palacete na Cobertinha, mas uma vivenda, que era o Sr. Almeida (…) cedeu o rés-do-chão de casa e fez bancadas e fez isso tudo e o palco, para fazermos lá teatro!”.

Foi também na Venda, ou melhor, no café, mas em Lisboa, num intervalo entre reuniões na Assembleia da República com a Comissão da Linha de Apoio ao Vale do Vouga, que o então Ministro da Cultura e Coordenação Científica se abeirou do Sr. Camilo: “fomos tomar café e estava lá o Secretário da Cultura, era o Lucas Pires, que era do CDS até, e depois perguntou ‘Então é de São Pedro do Sul?’ ‘Sou!’ ‘Então e como é que vai lá a cultura lá em São Pedro?’ Era o Cénico, o Dr. Jaime Gralheiro… ‘Ah sim senhora, eu até tenho lá família’ E depois eu lembrei-me ‘Mas olhe, nós até estamos lá na minha terra, trabalham lá na minha casa (a Associação Cultural de Vila Maior), mas queremos fazer uma sede!’ ‘Então o que é que vocês querem?’ E foi buscar uma minuta e deu-nos para fazermos um requerimento para mandar imediatamente para lá, e mandámos, e ele mandou-nos logo 300 contos e o diploma de utilidade pública assinado pelo Mário Soares”. Foi assim que o teatro ganhou um novo palco, por onde passaram também o Cénico, o Grupo das Concertinas Dr. Gonçalo Sampaio, de Braga, ou os Cantares de Manhouce, “e fazíamos ali muita festa dessas”.

“O convívio é que era o principal, pronto. Era o convívio, a amizade e muitas vezes também ideias! (…) Era o principal, isso (hoje) perde-se muito, porque deixa de haver aquele convívio, aquela amizade que havia, às vezes não era uma questão de lucros, nem de dinheiro, era uma questão de amizade”. E a prova de que é destes encontros que as ideias se formam, na bola, na Venda, na Padaria do Sr. Camilo que durante alguns anos foi a sede da A.C.V.M., ou acolheu o bar que se explorava para arranjar dinheiro para a associação. Ou no rés-do-chão da casa do Sr. Camilo, onde também se falava das ideias contra o regime.

“(A oposição ao regime) funcionava clandestinamente, faziam reuniões e era tudo clandestino. Havia maiorais também, que até eram membros das câmaras, faziam a jogada de que não eram (contra o regime), mas clandestinamente fazíamos reuniões, fazíamos reuniões com os revolucionários.”

E isto acontecia aqui mesmo, onde estamos a conversar: “Era, fazíamos aqui as iniciativas para pôr cartazes e para outras coisas aqui. Tratávamos que éramos contra o nazismo, contra o salazarismo, a luta era contra o salazarismo e o nazismo, e então fazíamos lutas clandestinas, de noite, púnhamos cartazes”. Em Vila Maior, “os Republicanos, aqueles que eram Republicanos, que já eram a favor da República, que eram contra a monarquia, estavam mais ou menos todos ligados (à luta contra o regime), por exemplo, a minha família, a família dos Moreiras, éramos Republicanos, portanto, não alinhávamos já com o salazarismo, tanto que eu fui delegado de lista, de Humberto Delgado e todos os que concorreram para as campanhas eleitorais do Norton de Matos, Quintão Meireles, o Arlindo Vicente… Que é que era delegado de lista? Eles mandavam umas listas para pôr nas urnas, e a gente então passava e ia entregar particularmente para eles meterem, porque eles tinham as listas que eles davam, lá os salazaristas, e nós dávamos as outras, e eles aproveitavam e em vez de meterem a que eles davam, metiam a nossa e eu era delegado de lista, andava de casa em casa, de noite, e entregava-lhes a eles para eles votarem”

“O nosso objectivo maior era esse, direitos e deveres iguais. Não é uns só terem direitos e não terem deveres nenhuns, e outros só terem deveres e não terem direitos. Portanto, é isso que é o verdadeiro socialismo, pronto. Direitos e deveres iguais. Não é uns só têm direitos e outros só têm deveres. E hoje vamos por esse caminho também, nós temos de pagar as contribuições, e outros têm os direitos, estão isentos disto e daquilo, portanto, isso não é socialismo nenhum. Socialismo é direitos e deveres iguais, mais nada. Nós temos direitos de comer e de beber e à saúde, e direito a termos médicos, não é uns terem médicos e terem saúde, e outros não terem. Isso não é socialismo nenhum, isso é conversa.”

Rás-te-parta, rompe sempre, rompem-se as solas das chuteiras, mas não a força das ideias, o brilhozinho nos olhos do Sr. Camilo é o mesmo que se imagina no retrato do 1º de Maio em São Pedro do Sul, que tem pendurado na parede no escritório, aqui onde estamos a conversar, “liberdade e solidariedade, a gente ser para os outros”. A sala não era aberta há algum tempo e os cartazes de Abril junto à porta onde eu própria me lembro de parar quando descíamos a correr da Escola Primária, têm algum pó, mas o brilhozinho passa de olhos a olhos e para isso basta haver encontros. Continuemos a fazer Vendas, cafés, bancadas de dias da bola anunciadas com rajadas de foguetes, rodas de dança onde se rompem as solas, onde trocamos mãos e pés e ideias, palcos onde sabemos melhor quem somos, lugares onde nos sentamos a conversar, rodas para contar histórias, patuscadas e petiscos, um amigo que chega e nos diz bom-proveito, lutar-se por tudo o que se leva a peito, dar-se a volta ao medo e dar-se a volta ao mundo, não se perder em cantigas, costurar-se camisolas para lhes ter amor, imprimir lonas para levantar, ser uma Juventude Maior, a gente ser para todos, todos serem muitos, ou poucos que juntos se fazem muitos, “a gente ser para os outros”. É que hoje fiz um amigo, e coisa mais preciosa no mundo não há…

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Viagra Generico Cialis Originale Kamagra 100 mg Kamagra Oral Jelly Acquistare Propecia Generico Sildenafil Priligy Cialis Jelly Cialis Original Generisk viagra 100mg Kamagra Soft Viagra gebruiksaanwijzing Lida Afslankingskoffie Viagra kopen Cialis en ligne Viagra vs Cialis Acheter Viagra Original Acheter Generic Viagra Soft Acheter Kamagra Acheter Levitra Original Acheter Manforce
Sildenafil Priligy Cialis Jelly Cialis Original Generisk viagra 100mg Kamagra Soft Lovegra 100mg Kamagra oral jelly 100mg Generisk Viagra Kamagra Oral Jelly Kamagra Cialis Generisk Cialis Generisk Kamagra Jelly Viagra Professional Kamagra 100mg Levitra 20mg Kamagra oral jelly 100mg Cialis Super Active Viagra Jelly
Erfahrungen Levitra Original Viagra Cialis Kaufen Cialis billig Lida kundenrezensionen Herren-Apotheke Online Lovegra kaufen Lovegra günstig Cialis oder Viagra Gegen Rauchen Viagra ohne Rezept Schlankheitsmittel Kamagra Brausetabletten kaufen Viagra pille Cialis Tadalafil Viagra rezeptfrei kaufen Cialis rezeptfrei Erfahrungen Viagra Generka Levitra rezeptfrei kaufen Kamagra Oral Jelly kaufen Kaufen Kamagra
Levitra bestellen Kamagra Jelly Viagra Professional kaufen Cialis Super Active kaufen Cialis Jelly Priligy bestellen Levitra Soft Lida Schlankheitstee Kamagra Brausetabletten viagra schweiz cialis kaufen Cialis Professional Cialis Soft Priligy Dapoxetin Viagra Generika Propecia kaufen Propecia Generika Viagra Soft kaufen LIDA Dai dai hua sildenafil kaufen