Museu Municipal de Sever do Vouga é exemplo de boas práticas

No âmbito de uma pós-graduação sobre a implementação do programa LEADER nos Estados membros, um grupo de estudantes europeus visitou o Museu Municipal de Sever do Vouga, considerado como um exemplo de projeto de sucesso. Inaugurado em maio de 2016, o museu recebeu uma comparticipação do Programa LEADER de 60%, através de uma candidatura à ADRIMAG, Grupo de Ação Local responsável pela gestão dos fundos comunitários no território de Sever do Vouga.

Ao longo das várias gerações do Programa LEADER, o foco tem sido a identificação e promoção dos recursos endógenos dos territórios rurais, visando, sobretudo, valorizar o património e promover a qualidade de vida no mundo rural. Neste sentido, como explica o vice-presidente da Câmara Municipal de Sever do Vouga e vereador da Cultura, Almeida e Costa, “o Museu Municipal tem contribuído para a articulação entre a valorização dos recursos endógenos e a construção da identidade concelhia, com vista a consolidar as imagens de marca do nosso território”.

A visita de 22 de fevereiro decorreu no âmbito da pós-graduação “TELI2-Transnational Education in LEADER Implementation”, um projeto piloto ERASMUS+, levado a cabo pela Universidade de Liubliana, na Eslovénia, e pelo LIT – Instituto Tecnológico de Limerick na Irlanda. Durante uma semana (18 a 23 de fevereiro), decorreram aulas teóricas, em contexto de sala, e algumas visitas de campo. O grupo, composto por três professores universitários, da Universidade de Liubliana e do LIT, responsáveis pela dinamização do workshop, e de 15 estudantes de toda a Europa, nomeadamente da Croácia, Polónia, Irlanda, Eslovénia, Roménia e Portugal, todos eles ativos em Grupos de Ação Local, além do Museu Municipal, visitou a sede da Mirtilusa, outro bom exemplo de projetos apoiados pela ADRIMAG no território de Sever do Vouga.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.