cialis generika kamagra australia cialis bestellen levitra generika viagra online kaufen kamagra bestellen cialis generika kamagra oral jelly kamagra 100mg prix cialis cialis generique kamagra gel kamagra bestellen viagra bestellen kamagra oral jelly levitra kopen
viagra Levitra Soft Tabs Kamagra Fizzy Tabs Acquistare Viagra Soft Tabs Viagra Generic Test Pacchetti Originale Acquistare Levitra Strips Il brevetto Viagra Cialis e Super Kamagra Acquistare Cialis Strips Viagra Pastiglie Viagra e Disfunzione Erettile priligy dapoxetina generico Kamagra 100 Cialis online Levitra Generico Domande e Risposte sul Viagra Test pacchetti Propecia generico Acquistare Cialis Soft Tabs Viagra e generici Levitra Cialis Generico Lovegra Super Kamagra Viagra femminile Acquistare Test Pacchetto Generico LIDA Dai dai hua Cialis Pastiglie Acquistare Super Kamagra Cialis Generico Viagra online

Manuel Silva

Franceses dizem: A REACÇÃO NÃO PASSARÁ!

Na segunda volta das eleições presidenciais francesas, realizada no passado dia 7 de Maio, a esmagadora maioria dos eleitores “disse” nas urnas: a reacção não passará, derrotando a extremista de direita, líder da Frente Nacional (FN), Marine Le Pen.

A filha de Jean Marie Le Pen professa ideias racistas, xenófobas, isolacionistas e nacionalistas, sendo politicamente descendente de tradições reaccionárias e fascistas francesas do passado: o absolutismo de Joseph de Maistre, no século XVIII, o extremismo de direita e anti-democrático de Charles Maurras, um dos ideólogos que mais influenciou Salazar, na primeira metade do séulo XX, o regime de Vichy, representante da ocupação alemã durante a II guerra mundial, a “grandeur de France”, que passou também por um dos mais cruéis colonialismos da História.

Se é certo que a maioria do povo francês repudiou o mal, a FN e seus candidatos vêm subindo de eleição para eleição. Le Pen obteve 11 milhões de votos (34%). Por outo lado, pouco faltou para Mélanchon, candidato apoiado pelos comunistas e pela extrema-esquerda, ter passado à segunda volta destas eleições. A direita e a esquerda moderadas averbaram consideráveis derrotas, principalmente o Partido Socialista, devido à sua traição ao prometido nas anteriores eleições, que se caracterizou por uma clara viragem à direita e a adesão à TINA (there is no alternative – não há alternativa) ao austeritarismo.-

Mas, se a França não ficou pior, também não ficou melhor com o Presidente que elegeu. Macron não representa o centro, mas a direita liberal, especialmente na parte económica. Foi ministro da Economia do governo socialista agora de saída. Nunca se distanciou da sua política idêntica à do “ajustamento” do governo PSD-CDS. Fez alterações na legislação laboral lesivas dos trabalhadores e beneficiadoras do factor capital. Efectuou cortes que atingiram os mais vulneráveis e a classe média.

A prova de que é um neo-liberal está na escolha de um thatcheriano, Edouard Philippe, dos republicanos de direita, para primeiro-ministro. Ameaça com despedimentos os funcionários públicos. Já quando era ministro de Hollande aprovou legislação facilitadora do despedimento colectivo. Além de Edouard Philippe e outros direitistas, o seu governo inclui socialistas cuja prática anterior prova serem-no apenas de nome, e tecnocratas, que normalmente são gente despida de sentimentos e não quer saber de quem fica para trás. Ah! E também não se preocupa relativamente ao preço com que muitas vezes se obtém o chamado sucesso.

Macron sempre defendeu e defende a política federalista da UE, que conduz, como a experiência demonstra, ao domínio e à humilhação dos fracos e pobres pelos fortes e ricos. Imitando o seu antigo presidente, mal foi eleito, foi ao beija-mão de Merkel. Entusiasta da globalização, não se preocupa com a necessidade da sua regulamentação e nunca se lhe ouviu a mais pequena crítica às injustiças e desigualdades que criou em todo o mundo.

Os franceses, ao elegerem Emmanuel Macron, vão ter mais do mesmo, ou seja políticas que estão na origem do avanço da extrema-direita. Assim sendo, a subida de Le Pen ao Eliseu, provavelmente ficou adiada por 5 anos.

 

Os factos alternativos da direita portuguesa

No ano transacto, a economia portuguesa cresceu 1,4%. No primeiro trimestre de 2017, teve um crescimento homólogo de 2,8%. Tal não se deve apenas à melhoria do consumo, resultante da reposição de salários e pensões ou do aumento do salário mínimo, mas também ao aumento das exportações e confiança dos agentes económicos. O emprego também aumentou.

Os partidos da direita dizem dever-se aquela situação à reforma laboral que aprovaram há 5 anos. É curioso como a mesma só teve efeito positivo passado todo este tempo e com outro partido no governo. A seguir à aprovação da dita reforma, que cortou direitos ancestrais dos trabalhadores, o desemprego aumentou, chegando a atingir 17% da população activa. A economia atravessou alguns anos em recessão. Se no último ano do governo Passos/Portas a economia cresceu 1,5%, no segundo semestre desse ano estava a entrar em declínio.

O crescimento e o aumento do emprego, que denotam sinais de sustentabilidade, apenas aconteceram com um governo socialista, apoiado por comunistas e bloquistas, que pelos vistos e pelos actos, não assusta os investidores.

No que toca a criação de factos alternativos, Passos Coelho, Assunção Cristas e os seus partidos imitam bem Trump e a restante administração da Casa Branca.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Viagra Generico Cialis Originale Kamagra 100 mg Kamagra Oral Jelly Acquistare Propecia Generico Sildenafil Priligy Cialis Jelly Cialis Original Generisk viagra 100mg Kamagra Soft Viagra gebruiksaanwijzing Lida Afslankingskoffie Viagra kopen Cialis en ligne Viagra vs Cialis Acheter Viagra Original Acheter Generic Viagra Soft Acheter Kamagra Acheter Levitra Original Acheter Manforce
Sildenafil Priligy Cialis Jelly Cialis Original Generisk viagra 100mg Kamagra Soft Lovegra 100mg Kamagra oral jelly 100mg Generisk Viagra Kamagra Oral Jelly Kamagra Cialis Generisk Cialis Generisk Kamagra Jelly Viagra Professional Kamagra 100mg Levitra 20mg Kamagra oral jelly 100mg Cialis Super Active Viagra Jelly
Erfahrungen Levitra Original Viagra Cialis Kaufen Cialis billig Lida kundenrezensionen Herren-Apotheke Online Lovegra kaufen Lovegra günstig Cialis oder Viagra Gegen Rauchen Viagra ohne Rezept Schlankheitsmittel Kamagra Brausetabletten kaufen Viagra pille Cialis Tadalafil Viagra rezeptfrei kaufen Cialis rezeptfrei Erfahrungen Viagra Generka Levitra rezeptfrei kaufen Kamagra Oral Jelly kaufen Kaufen Kamagra
Levitra bestellen Kamagra Jelly Viagra Professional kaufen Cialis Super Active kaufen Cialis Jelly Priligy bestellen Levitra Soft Lida Schlankheitstee Kamagra Brausetabletten viagra schweiz cialis kaufen Cialis Professional Cialis Soft Priligy Dapoxetin Viagra Generika Propecia kaufen Propecia Generika Viagra Soft kaufen LIDA Dai dai hua sildenafil kaufen