Lance Promove Festa de Outono

Mário Silva

Dando continuidade a uma tradição com já oito anos, a Liga dos Amigos e Naturais de Couto de Esteves (LANCE) promoveu no passado dia 25 de outubro a sua Festa do Outono.

MarioSilva_SeverAproveitando a temperatura estival que se fazia sentir, e tendo como ponto de partida a Casa da Cultura (antigos paços do concelho de Couto de Esteves), a manhã foi preenchida com uma caminhada pelo sempre surpreendente “Trilho da Pedra Moura” (PR 8 SVV). Ao longo dos 7.600 metros do trilho, os cerca de 80 participantes tiveram oportunidade de percorrer as levadas do regadio do rio Gresso (margem esquerda) e os antigos caminhos pedonais de ligação entre as aldeias do Ramo de Cima (Mouta, Catives, Cerqueira e Coval) e a vila de Couto de Esteves, descobrindo a diversidade e riqueza de todo um património ambiental (rio Gresso e ribeira de Catives) e histórico/patrimonial únicos (igreja matriz, cruzeiros triunfal e flamejante, alminhas, capelas da Senhora da Boa Hora [Catives] e da Senhora da Boa Viagem [Cerqueira], moinhos de água, canastros e anta da Cerqueira) e que, por isso mesmo, urge preservar.

Como curiosidade refira-se que, tendo como tema de inspiração “O outono no trilho da Pedra Moura”, a caminhada foi ainda pretexto para um concurso fotográfico intitulado “LANCE d’Outono”, cujos vencedores serão anunciados numa das próximas atividades da Liga.

Caminhada_2

De regresso à vila, cerca de 130 pessoas, entre caminheiros e muitos outros amigos da LANCE, puderam então apreciar a deliciosa gastronomia local no conhecido restaurante “O Júnior”.

À tarde, todos os caminhos convergiram para a sede da ACSCE, local onde decorreu, perante numerosa plateia, uma inolvidável tarde cultural que contou com a projeção do documentário “Gigantes do Douro”, da autoria de André Valentim Almeida (documentarista, professor e investigador com raízes familiares em Couto de Esteves), e a sublime animação musical de Adelino Camões Sobral.

Durante o espetáculo procedeu-se à entrega dos prémios aos vencedores do concurso “LANCE Arte 2014” e “Melhor aluno do Ensino Secundário 2013/2014”, assim como à oferta de uma pequena lembrança às crianças nascidas na freguesia de Couto de Esteves durante o ano de 2014.

No concurso “Lance Arte 2014” foi distinguido, com um prémio pecuniário no valor de 100€, o professor e artista plástico albergariense José Avelino Carneiro, autor de uma belíssima pirogravura sobre madeira, intitulada “Tríptico”.

Quanto ao prémio “Melhor aluno do Ensino Secundário 2013/2014”, patrocinado pelo Dr. Manuel Sereijo Silva (350€) e destinado a estimular e a valorizar os estudantes residentes na freguesia de Couto de Esteves, o mesmo foi ganho pelo jovem Jorge Luís Junqueira Lopes, do lugar do Couto de Cima, que frequentou o curso de Línguas e Humanidades do Ensino Secundário na Escola Básica e Secundária de Sever do Vouga, tendo concluído o mesmo, em 2013, com a classificação final de 18,3 valores.

Relativamente às crianças nascidas na freguesia durante o último ano, e como forma de agradecer às famílias o facto de continuarem a acreditar no futuro da sua terra, foi-lhes oferecido um kit constituído por uma t-shirt da LANCE e por diversos produtos dermocosméticos. Foram agraciadas as meninas Inês Fecha Leitão, filha de Fernando Leitão e Susana Fecha, nascida a 24 de fevereiro (Lourizela), e Beatriz, filha de André Marques e Lúcia (Mouta), e o menino Eduardo Alexandre Rodrigues, filho de Macário Rodrigues e Márcia Leitão, nascido a 20 de agosto (Couto de Cima).

Durante o evento foi ainda sorteado um cabaz sortido, tendo sido contemplada com o mesmo a senhora Adriana Soares, do Couto de Baixo.

As minhas últimas palavras vão para a LANCE a quem não posso deixar de parabenizar, na pessoa do seu presidente, Dr. Manuel Sereijo Silva, quer pela forma competente como continua a organizar estes eventos, quer pela magnífica promoção do património e cultura “coutense”, capitalizando simpatias e novos investimentos para uma terra que, pelas suas gentes e pelo seu riquíssimo passado, não merece, nem vai, cair no rol do esquecimento.Redação Gazeta da Beira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.