Homens e mulheres acordam população às 4h30 da manhã para o cantar do Ementar das Almas

Cânticos religiosos em Fermontelos

 

Em Fermontelos, na freguesia de Figueiredo de Alva, um grupo de cerca de vinte pessoas entoa cânticos religiosos, às quatro e meia da manhã. ‘Ementar as Almas’ é a tradição que faz com que todos os dias da semana:, ementa ou encomendação das almas, um dos costumes mais respeitados pelo povo, continue em força nesta aldeia do concelho de S. Pedro do Sul, sendo caso único no concelho e distrito.

A iniciativa que teve início a 18 de Março prolongou-se pela Semana Santa, até 31 de Março, com os ‘Martírios da Semana’. Apesar de ser uma tradição que tem caído em desuso, João Leandro, da organização, acredita que em Fermontelos será para continuar. Contou-nos ainda que “se em tempos era feita por rapazes solteiros, agora é a população e não importa o estado civil ou o género, mas sim o não deixar ‘morrer’ algo que há mais de 180 anos tinha muito valor para o nosso povo”.

Continua viva está tradição e agora mais do que nunca. Ao longo destes últimos três anos como presidente (João Leandro) da Associação de Solidariedade Social O Grupo recreativo e cultural de Fermontelos, temos vindo a recuperar algumas tradições na aldeia. Está é a mais importante de entre outras. Sim é a mais importante pois já tem mais de 180 anos e é a única no concelho e distrito e talvez país, que se mantém a fazer na hora que era e sempre foi feita as 4h30 da manhã. Quer esteja frio quer esteja a chover este maravilhoso grupo junta-se e pela aldeia em vários sitos é feito e cantar e o rezar. Sim este tem um cântico e reza. É feito e as pessoas acordam e junto connosco também rezam e ouvem o cântico, é Maravilhoso este tipo de actividade. Assim este ano cumpriu-se esta actividade e tradição que é a identidade de um povo, deste povo de Fermontelos. Além disso no dia 24 de março o Grupo de Fermontelos participou no XI Encontro de Cantares Quaresmais, que teve lugar, à noite, no Fórum Cultural de Idanha-a-Nova. Foi um prazer representar o concelho e mostrar a nossa tradição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.