Em Foco 729

IV Encontro Nacional de Leigos decorreu em Viseu com 600 participantes

Ilídio Leandro apelou para que os leigos não sejam “calmantes para adormecer consciências ou legítimas faltas de empenho e compromisso”

O IV Encontro Nacional de Leigos decorreu em Viseu, nos passados dias 17 e 18, com cerca de 600 participantes vindos de todo o país, promovido pela Conferência Nacional das Associações de Apostolado de Leigos, sob o tema  “Este é o tempo – para esperar contra toda a esperança, para trabalhar pela justiça e pela paz, para amar as pessoas, para amá-las uma a uma”.

O bispo de Viseu afirmou na Eucaristia de encerramento do IV Encontro Nacional de Leigos que “muito se tem brincado e experimentado” com a natureza e que “há  muito a fazer por uma sociedade mais justa, fraterna”.

“Hoje, não faltando informação e sendo ela tão clara sobre o muito que há a fazer por uma sociedade justa, fraterna, solidária e feliz, não temos direito a esperar oportunidades mais urgentes de compromisso”, disse D. Ilídio Leandro.

Para o bispo de Viseu o tempo de contribuir para um mundo melhor coloca-se a muitos níveis, “desde o clima e os atentados à natureza, à injustiça e desequilíbrio gritante no ecossistema humano, à indiferença para com atentados de todo o género à vida e a salutar realização de cada pessoa e de cada família”.

“Não durmamos com os dons que recebemos sem os colocar ao serviço do bem comum”, afirmou.

“Estejamos vigilantes e atentos à hora que vivemos e às necessidades justas dos irmãos. Por todos somos interpelados e o facto de sermos cristãos põe-nos em dívida para com todos, quaisquer que eles sejam”, acrescentou.

“Vivemos o presente com os olhos e o coração no futuro”, disse D. Ilídio Leandro

O bispo de Viseu disse aos participantes no IV Encontro Nacional de Leigos que não devem ser “calmantes para adormecer consciências ou legítimas faltas de empenho e compromisso” na “transformação e mudança” do é necessário “fazer no aqui e no agora da vida”.

O programa do Encontro contemplou um ciclo de cinema e um concerto com o cantautor Samuel Úria.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.