Casos de vandalismo em Valadares

Junta de Freguesia apresenta queixa

Pedro Soares acredita que Valadares, nos últimos meses, tem sido alvo de inúmeros atos de vandalismo. Sem aparente justificação para os sucessivos casos, o presidente da junta avançou com uma queixa junto da GNR de S. Pedro do Sul que já está a investigar o caso.

psoaresEm maio um sinal de sinalização de obras despareceu, a 16 de setembro verificou-se um corte num tubo de abastecimentos de água, poucos dias depois, a 20 de setembro, descobriu-se que a fechadura de uma vitrine estava estragada… Situações sem explicação, a maioria ocorridas no lugar de Paradela que a Junta de Freguesia acredita serem atos de vandalismo, o que já motivou uma queixa na GNR. Como explica o autarca, “pela ausência de justificação plausível para tais atos, que apenas e só prejudicam as comunidades das localidades visadas, as ocorrências estão já sob investigação da GNR de S. Pedro do Sul, onde esta Junta de Freguesia apresentou queixa”.

Pedro Soares, com o objetivo de evitar prejuízos acrescidos e desnecessários, deixa ainda o repto à população. “Solicita-se a cada cidadão que fique sensibilizado e, sempre que sentir que algo invulgar se passe, que entre em contacto com as autoridades competentes e com a autarquia local”, refere o autarca.Redação Gazeta da Beira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.