BARÓMETRO

Seta-acima_degradePedro Giestas

Ed659_PedroGiestas_BarometroPedro Giestas é um ator que há já alguns anos nos habituamos a acolher em nossas casas na televisão. Giestas é também um Vouzelense com orgulho nas suas origens. O Ator conjugou o seu talento ao amor à Terra de origem e criou, juntamente com um grupo de 14 elementos, o Grupo de Teatro das Poldras . Um projeto que promete dinamizar a cultura em Lafões  e que por si só já merecia nota positiva, mas ao qual, contudo, se deve acrescentar um nome: Pedro Giestas.   Apesar dos compromissos profissionais que o prendem em Lisboa, o autor arranja sempre  tempo para se dedicar à Região de Lafões, desta vez com “as Poldras” que estão já a preparar o seu primeiro espetáculo que deve estrear em outubro.

 

Seta-acima_degradeLusiaves

Ed659_Lusiaves_BarometroO Grupo Lusiaves anunciou, aquando das Festas do Concelho, em Oliveira de Frades a criação de uma nova unidade de incubação no concelho.  Um investimento que ronda os 3 milhões de euros e que vai criar mais de 30 postos de trabalho. Numa altura em que são notícias, despedimentos em massa, encerramentos de serviços e falta de apoio no sector público. É com bom grado que olhamos para este investimento privado. Só criando empregos conseguimos fixar pessoas no interior. Que haja empresas a seguir este exemplo!

 

Seta-acima_degradeRui Ladeira

Ed659_Rui-Ladeira_barometroRui Ladeira prometeu e cumpriu. O autarca assumiu como objetivo revitalizar o Vinho de Lafões e tem dado provas neste sentido. Em maio, nasceu o Vinho Chão do Vale, agora, aquando do Festival de Doçaria de Vouzela, surge o Vinho S. Frei Gil e em breve vai surgir um novo vinho tinto, também DOP Lafões. Todos eles com o apoio do Município de Vouzela. Numa altura em que a morte do vinho de Lafões era já anunciada, estes novos vinhos vêm dar um novo folgo à marca. A região de Lafões têm muitas potencialidades e importa continuar a seguir estes exemplos, a promoção dos produtos endógenos resulta em desenvolvimento.

 

Seta-abaixo-degradeAssembleia Geral do BES desconvocada

Ed659_BES_Logo-BarometroA Assembleia Geral dos accionistas do Banco Espírito Santo, marcada para hoje, 5ª Feira, foi desconvocada, a pedido do “Espírito Santo Group” , com o acordo do “Crédit Agrocole”.

O Presidente da Mesa esclarece que a ESFG, que detém 20,1% do BES, «invoca factos supervenientes e inesperados entretanto ocrridos», para pedir a desconvocação. Esta surge no mesmo dia em que o Tribunal do Comércio do Luxemburgo aceitou o pedido de gestão controlada da ‘holding’ do Grupo Espírito Santo e agravou as perdas das acções do BES.

Na sequência desta notícia, o Banco de Portugal veio reafirmar a solvabilidade da instituição e a existência  de investidores disponíveis para ocorrer a um aumento de capital, se o mesmo vier a ser necessário…Redação Gazeta da Beira

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.