BARÓMETRO

Seta-acima_degradeASSOL

Ao fim de quase três décadas de actividade, a ASSOL não perdeu a vitalidade e a energia do projecto inicial. Pelo contrário, tem conseguido renovação e inovação permanente com incrementos positivos na sua intervenção diária. As suas metodologias de intervenção, com ligação às empresas e às escolas, têm permitido a melhor integração das pessoas com deficiência na sociedade reconhecida a nível internacional. Mário Pereira, o principal responsável pela condução da instituição, tem participado em várias conferências internacionais para as quais é convidado a partilhar a sua experiência.

Agora foi a vez da Microsoft apoiar a ASSOL com software no valor de 40 mil euros. É o dinheiro que conta, mas é sobretudo o reconhecimento!

 

Seta-acima_degradeJunta de Freguesia de Carvalhais

A convite da Junta de Freguesia de Carvalhais e Candal, a Associação de Conservação do Habitat do Lobo Ibérico promoveu em Carvalhais uma conferência sobre a protecção do lobo ibérico nas Serras da Freita e Arada.

Esta iniciativa conseguiu sentar à mesma mesa diversos pontos de vista sobre a protecção do lobo e os conflitos com a pastorícia. Conseguiu mostrar que é possível compatibilizar os diversos interesses em jogo, que é de um conflito de interesses que efectivamente se trata, lançando mão de um conjunto de instrumentos de forma integrada, nomeadamente, a introdução de presas selvagens, de cãos pastores e de cercas para o pastoreio dos rebanhos.

O testemunho de um criador de gado arouquês da zona de Cinfães veio demonstrar a valia da acção conjugada destes instrumentos.

 

Ministra das Finanças

O “Die Welt”, jornal diário alemão, refere que Maria Luís Albuquerque “pediu pessoalmente” a Wolfgang SchSeta-abaixo-degradeäuble para nas negociações do Eurogrupo sobre a Grécia não ceder, segundo “fontes bem informadas”.

Ed671_MinistraFinançasO “Die Welt” confirma ainda as pressões dos governos de Portugal e Espanha e a afirmação de Yanis Varoufakis de que tinham sido “mais alemães do que a Alemanha”.

Maria Luís Albuquerque disse ainda que não se considera aluna, mas sim colega de Schäuble; porém, o papel que desempenhou nesta situação, juntamente com o governo PSD/CDS-PP, tem sido de facto o de boa aluna do ministro das Finanças da Alemanha, o que a foto do momento que protagonizou simbolicamente ilustra.

A Ministra das Finanças de Portugal prestou-se ao papel de “troféu” da Alemanha, ao aceitar participar numa conferência conjunta com o seu homologo alemão, em vésperas da reunião do Eurogrupo, onde se iria discutir o acordo com a Grécia.

Mesmo que a austeridade tivesse sido um êxito em Portugal, ficaria melhor à senhora Ministra mostrar solidariedade com o povo grego; mas, tendo em conta os resultados das políticas de austeridade em Portugal, aumento da dívida pública, aumento da pobreza, aumento do desemprego e destruição do estado social, não fica nada bem a Maria Luís ser “mais papista que o papa” e querer condenar os gregos à sua permanência na crise humanitária em que se encontram. Fica-lhe mesmo muito mal.

Mas é por estas e outras figurinhas de “bons alunos” que Portugal chegou a esta situação, só reversível com um novo governo capaz de defender na EU o desenvolvimento económico sustentável, capaz de resolver a grave crise social em que nos mergulharam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.