33.º aniversário da Associação Cultural e Social de Couto de Esteves

• Texto de Mário Silva

Honrando a sua história e com a sobriedade que sempre a caracterizou, a Associação Cultural e Social de Couto de Esteves (ACSCE), a mais antiga associação da freguesia de Couto de Esteves e uma das mais vetustas e prestigiadas do concelho de Sever do Vouga, acaba de comemorar, nos dias 13 e 19 de agosto, o seu 33.º aniversário.

As comemorações começaram na manhã do dia 13, com a realização, na igreja matriz de Couto de Esteves, da tradicional missa de sufrágio pelos sócios falecidos, presidida pelo pároco Ivanil José Portela. Durante a eucaristia, o presidente da direção teve a oportunidade, através da leitura de uma pequena oração, de expressar um voto de profunda e eterna gratidão a todos os sócios que já partiram, mas que a determinado momento da sua vida ajudaram esta associação a crescer, colocando-a sempre ao serviço da comunidade.

No dia 19, da parte da manhã, tivemos, em articulação com a empresa “Desafios”, um magnífico passeio de canoa e “stand up paddle”, em plena albufeira da barragem de Ribeiradio-Couto de Esteves. As comemorações prosseguiram da parte da tarde com um jantar convívio, em que estiveram presentes largas dezenas de sócios e amigos da ACSCE, incluindo o senhor presidente da câmara municipal de Sever do Vouga, Dr. António José Martins Coutinho, que muito nos honrou com a sua presença, bem como o senhor vice-presidente, Dr. José Manuel Almeida e Costa; a entrega dos “Diplomas de Prata” aos associados (Joaquim Dias Coutinho, Joaquim Rebelo Pinho, Manuel Joaquim Dias Sabino, Nuno Manuel Tavares da Costa, Vítor Anselmo M. Henriques e José Manuel Machado Silva) que completaram 25 anos de filiação e dedicação à Associação; e, por fim, após um discurso visivelmente emocionado do presidente da direção, cantaram-se os parabéns à ACSCE, seguindo-se o apagar das velas e o corte do bolo de aniversário.

Depois das muitas e importantes obras levadas a cabo na sede, no polidesportivo Henrique Westenfeld e na Casa da Cultura, nos últimos anos, a presença de tantos sócios e amigos nestas comemorações funcionou como um importante estímulo para todos aqueles que, com sacrifício da sua vida familiar e profissional, dão algum do seu tempo em prol da ACSCE. Esta foi igualmente uma belíssima oportunidade não só para todos recordarem alguns dos momentos mais marcantes da longa e rica história da instituição, mas também para trocarem algumas ideias sobre o futuro da mesma.

• Mário Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.